Conheça Morgana Gazel autora do romance Enseada do Segredo

A poetisa e também psicóloga Morgana Gazel lançou a segunda edição do romance Enseada do Segredo (Paco Editorial). Em 2010, participou do livro Show de Talentos em Prosa e Verso, organizado pela REBRA (Rede de Escritoras Brasileiras). Nesse trabalho, está a excelência literária de 65 das melhores escritoras brasileiras da atualidade, da qual Morgana faz parte. Em entrevista ao Poesia Baiana a escritora conta com exclusividade o que a segunda edição do romance Enseada do Segredo busca despertar nos leitores.

  Continuar lendo

Anúncios

Solidariedade e Literatura

Por Maysa Paranhos

         Muitas vezes, a solidariedade exige uma expressão material. Fui obrigada a uma reflexão mais aguda sobre minha prática de vida e meus discursos por um mundo melhor, a partir de um chamamento pelo qual fui profundamente tocada. Na presente semana recebi, da Associação de Psicanálise da Bahia, uma solicitação de doação de medula óssea. Imediatamente encaminhei o email para toda a minha rede e me senti em paz, já que havia feito o politicamente correto: comunicar a solicitação para todos os meus contatos. Fui para o trabalho pensando na pessoa de cuja vida depende uma doação.

Continuar lendo

Cia. das Letras publicará livro inédito de Jorge Amado

Fonte: Ibahia

“Jorge & Zélia” reúne cartas trocadas entre o escritor baiano e sua esposa, e será lançado em agosto de 2012

Desde o início do ano, diversas homanagens ao ‘imortal’ Jorge Amado vêm sendo realizadas, na Bahia, no Brasil e no mundo, numa espécie de aquecimento para o seu centenário, que desabrochará em agosto do ano que vem.

Para dar ainda mais brilho à festa, a Companhia das Letras, que está relançando toda a obra do autor baiano, desde 2008, vai publicar edições ilustradas de “Navegação de Cabotagem” e “Os Velhos Marinheiros”, e lançar um livro inédito, “Jorge & Zélia”, reunindo cartas trocadas entre Jorge Amado e sua esposa, Zélia Gattai.

O escritor, que cativou o mundo com as tramas da Bahia, completaria 100 anos em agosto de 2012, se não tivesse sofrido uma parada cardiorrespitarória numa segunda-feira à tarde de agosto de 2001.

A Bahia de Outrora de Miriam de Sales chega à segunda edição

Fonte: Fundação Pedro Calmon

Lançamento na Biblioteca de Itaparica, com exposição de outras obras da autora.
 
Lançado em julho de 2010, durante a Feira de Livros Vão das Letras da Fundação Pedro Calmon/SecultBA, o livro A Bahia de Outrora, da escritora Miriam de Sales Oliveira ganha nova edição, revista e ampliada. Dessa vez, o lançamento ocorrerá na Biblioteca Juracy Magalhães Júnior, em Itaparica, no dia 29 de abril (sexta-feira),  a partir das 18h. O livro traz crônicas de costumes e têm o objetivo de revelar a Bahia e seu passado.

Continuar lendo

PerSe é um portal para autores independentes

Foto: Divulgação

 O PerSe  é um portal de publicação e comercialização de livros para autores independentes, um novo conceito no mercado editorial brasileiro, onde autor é quem faz sozinho a publicação do seu livro.
A missão da página é ajudá-lo a publicar seus livros da forma mais simples e prática possível, direto pela Internet. Os autores farão isso sem qualquer intermediação, gratuitamente e mantendo para si os direitos autorais da obra. Caso necessite, estaremos à disposição para auxiliá-los em qualquer fase do processo de publicação, divulgação e comercialização dos seus livros.

Continuar lendo

Fundação Pedro Calmon investe na digitalização de acervos documentais da história da Bahia

Fonte: Fundação Pedro Calmon

Nesta quarta-feira (27), às 18h, no Palácio do Rio Branco, a Fundação Pedro Calmon (FPC)/ SecultBA lança o Catálogo de Fontes Manuscritos ‘Avulsos’ da Capitania da Bahia, em versões disponíveis em CD-ROM, impresso no Arquivo Público da Bahia ou no site da Fundação: www.fpc.ba.gov.br.

Continuar lendo

DA POLITICA POLITICA

Autor: Cezar Ubaldo

Os homens são diferentes por natureza.Podemos sentir essa verdade através de cada tragédia que toma conta de uma sociedade,como a da manhã dessa quinta-feira,em Realengo,Rio de Janeiro,quando onze estudantes foram assassinados e o matador acabou com a própria vida logo depois de atingido por tiros deflagrados por um sargento da Policia Militar  daquele estado.

Continuar lendo