Poemas- Carlos Conrado

Tóten do Autismo

Quando em mim o deserto se fez presente

A calmaria tornou meus sonhos eficazes.

O tempo gemendo por estar doente

Tornou-me piedoso com os ventos

Que bailavam com freios ausentes,

Perturbando com graça meus olhares.

Os sons nenhuma canção compunham,

Apenas enganavam os meus sentimentos

Arrastando-me para fora da realidade.

Fiz de mim um deus de sonhos tementes,

Criei mundos que não podiam ser habitados

Por nenhuma outra criatura

Que não fosse digna do meu chamado.

Convidei com prazer à Surrealidade

E nos tornamos fiéis e intensos amantes

A passear por espaços inacabados.

Continuar lendo

Perfil- Carlos Conrado

Carlos Conrado é poeta, artista plástico, designer gráfico e Escritor. Nasceuna cidade de Jacobina (BA). Radicou-se em Sergipe no ano 2000. É autor dos livros Poesia Condenada, O Aeronauta entre a Razão e a Loucura, A Kombi de Prosa e Poesia em parceria com o escritor Valdeck Almeida de Jesus e editor da revista Locozines – Revista da Cultura Emergente, Organizador da antologia Poética A Plêiade – Tributo à Paz.

Continuar lendo

Poemas- Silvério Duque

 

A balada de Inês

– Verás, amada minha
tuas mãos terminadas em segredo
sobre um peito de sopros findos
e então sentirás dentro de ti uma completude
como as folhas que, mortas
deixam nua aquela essência de vida
que as árvores nos trazem sobre os galhos
secos e escuros, como a carne que à terra volta
pois é da terra a carne, como do vento
a nuvem e sua possível imagem.

Continuar lendo

Perfil- Star Girl

Kelly Oliveira conhecida pelo pseudônimo “Star Girl” nasceu em Salvador-Bahia em 1993.  A paixão pela literatura surgiu quando Kelly ainda era pequena através de um amigo pelo qual guarda enorme gratidão.                                                                                                     
“O primeiro concurso que participei foi o TAL (Tempos de Arte e Literatura) nesse ano de 2010 com a poesia “Meu, só meu…”, na primeira etapa que é nos colégios eu venci em 1°lugar e na segunda etapa fiquei entre as 15 melhores da Bahia, não fui selecionada para a última etapa, mas fiquei muito grata por participar, pois adquiri experiência”.                                                          
Para o proxímo ano (2011) a poeta  esta com um projeto pessoal de publicar um livro contando a história de uma garota através da poesia o nome será: Memórias da Star Girl- A menina Perdida, nome escolhido em homenagem ao pseudônimo da autora. Kelly mantém a página Poesiasstargirl na internet.

Perfil- Denivaldo Piaia

“A arte, especialmente a literatura, é a forma mais saudável que experimentei para manter a sanidade”.

 

Denivaldo Piaia, é aquariano de 4 de Fevereiro de 1956, o poeta natural da cidade de  Campinas no estado de São Paulo. “Desde a adolescência gostava de escrever, mas sempre bem escondidinho, morrendo de vergonha de mostrar. Por isso deixei de lado por muito tempo, só voltando agora, há um ano e pouco, por insistência do amigo poeta Geraldo Trombin, de Americana-SP (super premiado e autor de dois livros sensacionais: “Transparecer a Escuridão” e “Só Concursados”), a quem mostrei alguns escritos (depois de tomar coragem) e que passou a “pegar no meu pé” para que voltasse a escrever e a participar dos concursos”.
Em 1980 formou-se em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas – PUCCamp. Atuou como jornalista por mais de 20 anos em rádios, revistas e TVs de sua cidade natal e outras do estado, como Rádios Educadora/Band, Central e Cultura/CBN de Campinas-SP, Revista Pauta de Limeira-SP, Suplemento Infantil “Brincar”/Jornal Vale Paraibano de S. J. dos Campos-SP, TVB Campinas (SBT), jornais empresariais diversos. Há cerca de 12 anos dedica-se à redação publicitária, atualmente na Agencia Mapple Comunicação e Marketing.
No lado pessoal a arte sempre correu paralela à profissão, com anos de dedicação à pintura (aquarela), tendo diversas premiações em salões de arte, e agora, mais recentemente, à literatura, já com cerca de 20 premiações em pouco mais de um ano, além da música. “Fui premiado em Salões de Arte em Sorocaba-SP, São João da Boa Vista-SP, Campinas-SP, entre outras que nem me lembro mais (faz bastante tempo)”.
Num terceiro caminho paralelo, estuda e atua na Numerologia Cabalística, ciência que se transformou em mais uma paixão, executando Mapas Numerológicos e ministrando cursos.
Denivaldo ainda pensa em desenvolver um blog poético, mas no momento mantém um blog sobre Numerologia e também  twitter  sobre o assunto.

Poemas- Ana Paula Fanon

SER  POETA

Sou um  louco
Sou  um  louco que  ronda  a  cidade

Sou um louco possuído de sensibilidade

Sou um caçador  cotidiano

Caço vida e  transformo-a em sentimento

 Sou um pássaro

Vôo ôo

Vôo entre as nuvens da liberdade

Sou um pássaro

Vôo ôo

Vôo alto e volto  para  o ninho  da leveza

 Sou metafórico

Sou  metafísico

Sou  clássico

Urbano

Suburbano

Sou mundano

 Sou tempo

Sou vento

Vulcão de expressividade

 Sou eu

Ser imperfeito

Sou um desvairado

Sou a solidão na multidão

Sou a alegria na tristeza

Sou inlusão

Sou paixão

Sou sem  fronteiras

Toco as palavras

Sinto a brisa   do verso

Vejo o invisível

Ouço a canção do silêncio

Transpiro arte

Sou Soul

Sou Som

Sou Sol

Sou ser  sedento

Reflexivo

Enlouquecido no meio  dos homens

Sou eu  um louco

Racionalizo

  Continuar lendo